Logo Santa Cruz Pe

Menu
#SejaSócioTricolorDeCoracão SejaSócioSantaForte Já temos 1000 camisas vendidas.
Torcedor Fala Torcedor Fala
31/10

Santa Cruz na campanha contra o racismo

Compartilhe
Santa Cruz na campanha contra o racismo

Em solenidade realizada na manhã desta terça-feira, no Ministério Público de Pernambuco (MPPE), o Santa Cruz aderiu à campanha Diga Não Ao Racismo, que terá também a participação dos demais clubes da capital, Federação Pernambucana de Futebol (FPF), das polícias militar e civil. O objetivo é conscientizar torcedores, jogadores e dirigentes de futebol sobre esta forma de violência, que se realiza de várias formas, dentro e fora de um estádio de futebol.

“Temos esse mito da democracia racial no país, de que não existe racismo no Brasil, mas quem é negro sabe do que se trata”, observou a coordenadora do Grupo de Trabalho Racismo, a procuradora de Justiça Bernadete Figueiredo, que elogiou a participação dos clubes a luta para quebrar o “pacto de silêncio” sobre o racismo institucional.

Ela citou os casos já conhecidos de ofensas racistas de torcidas contra jogadores, e também entre jogadores, e criticou os “apelos de deixa pra lá”, que tentam transformar as agressões em problemas menores. “A gente precisa elaborar nosso racismo e falar abertamente sobre esse lixo da nação”, completou, finalizando com um “viva!” a Zumbi, Dandara e à consciência negra.

O vice-presidente de futebol do Santa, Constantino Júnior, lembrou que o Santa foi o primeiro clube de Pernambuco a abrir suas portas para os negros, em 1914, quando muitos clubes não permitiam que negros fizessem parte de seus times. “Por isso somos, desde o início, um time do povo”, observou.

Destacado para representar os jogadores do Santa, o atleta Grafite não pôde comparecer ao evento porque estava fora do Recife, participando de uma campanha da FIFA, também contra o racismo. “Ele também vai se engajar na campanha”, observou Constantino. “Podem contar com o Santa, porque vamos abraçar a causa e vamos dizer não ao racismo sempre”.

Ações

No próximo sábado, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, jogadores do Santa e Náutico entrarão em campo com uma faixa e o slogan Diga Não Ao Racismo estampado nos respectivos uniformes.

A iniciativa do GT pretende levar informação e cobrar dos clubes o cumprimento da Lei Estadual nº 15.776/2016, que obriga os responsáveis legais pelos estádios de futebol no Estado de Pernambuco a fixarem placas, em locais de fácil visibilidade, com os dizeres “Diga Não Ao Racismo”. Nas redes sociais, o Santa já aderiu ao esforço, colocando a chamada principal do site os banners virtuais criados pela assessoria de comunicação do MPPE. Ao longo das próximas semanas, várias peças e criações da comunicação do clube serão veiculadas nas redes sociais do clube, assim como a sinalização no estádio do Arruda.

Também no próximo sábado, o procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros, estará no camarote da presidência coral, ao lado de Bernadete Figueiredo e membros do MPPE, para acompanhar o pontapé inicial de uma campanha que pretende lembrar que, seja como injúria racial ou crime de racismo, os delitos exigem instauração de inquérito policial e o devido acompanhamento do Ministério Público.

Veja Também:

@SantaCruzFC

Coração Coração Coração Coração Coração Coração Coração Coração Coração Coração Coração Coração
Siga SantaCruzFC